O que Servir em um Buffet para Casamento

O que servir em um buffet para casamento

Diante de tantas novidades gastronômicas e da constante gourmetização de comidas tradicionais, muitos casais ficam em dúvida sobre o que servir em um buffet de casamento. E a situação apresenta-se ainda mais complicada quando há necessidade de agradar a muita gente, como em um evento social.

O que servir em um buffet para casamentoFonte: Spazio Itanhangá.

Diante de tanta diversidade, muitos noivos perdem o foco e acabam se enrolando ainda mais, transformando o que deveria ser um prazer (escolher um cardápio de casamento, fazer as degustações etc) em um enorme problema.

Para escolher o que servir em um buffet de casamento é preciso focar em alguns fatores como horário e tamanho do evento, o tipo de festa que será oferecida e o orçamento destinado a esse propósito. Um evento diurno, por exemplo, pode envolver um almoço, enquanto um casamento no final da tarde pode ser complementado com um coquetel. Bailes de gala combinam com jantares formais, enquanto casamentos matutinos casam muito bem com brunchs.

Como servir buffet para casamento:

Existem diferentes tipos de buffet para casamento que podem ser servidos:

– O serviço à francesa, ideal para recepções tradicionais, em que o garçom vai a mesa com a travessa e o convidado se serve da quantidade que quiser.

– O serviço à inglesa também é bastante formal e elegante e consiste quando o garçom passa nas mesas com as travessas e serve os convidados.

– Outro jeito formal de servir os convidados é com a comida empratada. Os garçons passam nas mesas distribuindo os pratos já prontos. Essa forma de servir é considerada a que mais desperdiça comida, pois o convidado não tem como controlar a quantidade que será servida.

Buffet com serviço à americanaFonte: Spazio Itanhangá.

– Já para quem quer um evento mais despojado, pode servir o buffet à americana. Nesse caso, os garçons montam um buffet com travessas, baixelas e rechauds, e os convidados vão até lá para se servir. Essa é uma forma bastante econômica de servir um buffet, pois cada um serve-se do que irá realmente comer. Por outro lado, o serviço à americana pode causar a formação de uma enorme fila. Por isso, para eventos muito grandes recomenda-se montar uma estação de buffet para cada 100 convidados.

VEJA TAMBÉM:  Como harmonizar o cardápio com as bebidas em um casamento

O que servir em buffet para casamento:

Existem vários tipos de buffets para casamento, que podem ser combinados de diferentes formas. Muitos casais resolvem começar a festa com um coquetel, seguido de jantar. Outros, mais informais, fazem um churrasco que termina com o corte do bolo de casamento. Tudo vai depender do estilo dos dois, assim como o da festa, o horário do evento e, principalmente, o orçamento.

Brunch

Brunch de casamentoFonte: Spazio Itanhangá.

Em casamentos diurnos, que acabam até umas 11 horas da manhã, é muito convencional servir um brunch, uma espécie de café da manhã reforçado, mais comum nos Estados Unidos e Inglaterra. A palavra “brunch” nasceu da junção das palavras “breakfast” (café da manhã) e lunch (almoço). Neste tipo de buffet, é possível servir pratos comuns em café da manhã e almoço, como bolos, tortas, pães, frios, saladas e massas leves. Para beber, sucos, café, leite, chocolate quente, água mineral e até águas saborizadas. Alguns noivos optam por servir algumas bebidas alcoólicas, principalmente no verão e quando querem fazer um brinde com champanhe.

No caso do brunch, pode-se servi-lo à francesa ou à inglesa, mas ele é geralmente montado como se fosse um café colonial, para os convidados se servirem do que quiserem, como o serviço à americana.

Almoço

Almoço de casamentoFonte: Spazio Itanhangá.

Para festas de casamento que começam por volta de meio dia, até umas duas horas da tarde, pode-se servir um almoço. Esse tipo de buffet é semi informal, e seu nível de formalidade será ditado pelos pratos e o tipo de serviço escolhido para servir os convidados. Por exemplo, se o almoço for um churrasco servido à americana, ele será considerado extremamente informal. Já se for um almoço completo, com entrada, prato principal e sobremesa servidos à inglesa, o almoço será mais formal.

VEJA TAMBÉM:  Ilhas Gastronômicas para Festa de Casamento

Para evitar desperdícios e gastos desnecessários, considere servir o bolo de casamento e os docinhos como sobremesa do almoço. Essa é uma forma de economizar um pouco do orçamento, que pode ser investido em outros itens da festa ou até na lua de mel.

Como o almoço tende a acabar cedo, mas a festa não, quem vai realizar este tipo de evento deve considerar a necessidade de oferecer, depois de algumas horas de festa, um pequeno coquetel ou uma mesa de chá, para os convidados reporem as energias.

Jantar

Jantar de casamentoFonte: Spazio Itanhangá.

O jantar de casamento tende a ser bastante formal, mesmo quando servido à americana. Ele requer um certo planejamento e, é claro, só é servido a noite. Muitos são precedidos de coquetéis, mas este item não é obrigatório. Como a refeição é realizada a noite, recomenda-se que se sirvam pratos leves, porem bonitos e bem elaborados. Neste caso, também pode-se servir os bolos e os doces de sobremesa, mas o ideal é que haja também algo mais refinado para oferecer aos convidados.

Geralmente, após o jantar, começa o baile, que pode não ter hora para acabar. Por isso, fica a critério dos noivos servir um coquetel depois do jantar, quando já houver passado algum tempo, e também montar uma mesa de café para quando as pessoas estiverem indo embora.

Coquetel e Food Fingers

Coquetel de casamentoFonte: Spazio Itanhangá.

O coquetel pode ou não acompanhar almoços e jantares. Geralmente, quando servidos sozinhos, os coquetéis dão um ar informal ao evento. Ele pode ser escolhido tanto para recepções à tarde quanto à noite, e geralmente são servidos pelos garçons, que circulam pelas mesas e pista de dança com as bandejas, oferecendo aos convidados diferentes tipos de petiscos e bebidas.

VEJA TAMBÉM:  Surpreenda os convidados do casamento com presentes de boas vindas

Os finger foods são uma variação dos coquetéis, no entanto possuem uma composição um pouco mais elaborados e refinada, podendo também ser compostos de mini pratos. Combinar a comida do coquetel com alguns finger foods pode ser uma receita de sucesso para um evento mais informal.

Bolo com champanhe

Bolo com champanhe para casamentoFonte: Spazio Itanhangá.

Para os casais que não desejam um grande evento para comemorar o casamento, mas apenas uma pequena reunião, o bolo com champanhe é uma alternativa elegante e bastante econômica.

O casal recebe os convidados para fazer um brinde e partilhar o bolo após o casamento, de preferência no salão da igreja ou em um local próximo. Se os noivos desejarem uma reunião um pouco mais prolongada, é possível serem adicionados uma mesa de degustação ou um pequeno coquetel. Quem quiser dar um toque especial à comemoração, pode também incluir alguns docinhos personalizados. Mas o ponto central deste tipo de comemoração é ser rápida, bonita e elegante.

Como não há muitos elementos neste tipo de buffet, cada detalhe deve ser bem pensado e analisado: o bolo de casamento deve ser perfeito, assim como as louças, talheres e taças que serão utilizados.

Comente!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *